SALSA – Pequenas explorações agrícolas, pequenos negócios agroalimentares e segurança alimentar e nutricional (SAN) sustentáveis


Sobre o projeto SALSA

O SALSA tem como objetivo proporcionar uma melhor compreensão do contributo atual e potencial das pequenas explorações agrícolas e pequenos negócios agroalimentares para a segurança alimentar e nutricional sustentáveis.

O SALSA é pioneiro numa nova abordagem integrada multi-método em 30 regiões na Europa e África usando as mais recentes tecnologias de satélite, abordagens transdisciplinares, mapeamento de sistemas alimentares e análises prospectivas participadas.

O SALSA reconhece a grande diversidade de pequenas explorações agrícolas e sistemas alimentares na Europa e África e presta particular atenção à sua vulnerabilidade e resiliência.

O SALSA usa uma perspetiva de sistemas alimentares para olhar além da capacidade de produção e investigar a segurança alimentar em termos da disponibilidade de alimentos nutritivos e seguros, acesso e controle de alimentos (incluindo acessibilidade), utilização e estabilidade de alimentos.

O SALSA examina sistemas relevantes de governança relacionados com a organização de pequenos agricultores e cadeias alimentares, e fornece ferramentas para guiar os decisores na importância do contributo das pequenas explorações agrícolas e pequenos negócios agroalimentares para a segurança alimentar e nutricional.

O SALSA presta particular atenção à colaboração e intercâmbio efetivos entre parceiros investigadores e práticos da Europa e África, apoiando assim a implementação do Diálogo UE-África.

O SALSA envolve-se efetivamente com os stakeholders e decisores relevantes para as pequenas explorações agrícolas e segurança alimentar e nutricional, e facilita o diálogo que atravessa as fronteiras clássicas da pesquiza, política e prática.

Regiões de referência

De modo a produzir conhecimento aprofundado que revele as relações complexas entre pequenas explorações agrícolas e a SAN, em diferentes contextos, e ultrapassar as lacunas nas fontes de dados existentes relativas às pequenas explorações agrícolas e pequenos negócios agroalimentares, o SALSA estuda em maior detalhe 30 regiões de referência selecionadas. Estas regiões representam a gama de situações em toda a Europa e, em menor extensão, em África, no que diz respeito ao número e relativa importância das pequenas explorações agrícolas, a sua localização particular no espectro urbano-rural, e no acesso aos mercados globais.

Principais outputs

Mapas da agricultura em pequena escala na Europa, incluindo estimativas da produção atual e potencial, verificados a nível regional.

Compreensão aprofundada do papel das pequenas explorações agrícolas e negócios agroalimentares relacionados na SAN em diferentes situações regionais incluindo análises prospetivas, desenhadas para apoiar a tomada de decisão tanto no setor privado como no setor público (incluindo orientações para futuras pesquizas).

Um conjunto de 30 regiões de referência (25 regiões de referência na Europa e 5 em África) onde informação padronizada sobre as pequenas explorações agrícolas e negócios agroalimentares relacionados e suas relações com a SAN estarão disponíveis para a pesquiza, monitorização e desenvolvimento político.

Uma avaliação de esquemas de governança relativos à organização de pequenos agricultores e cadeias alimentares que pode guiar o desenvolvimento político e o seu objetivo de realçar o contributo das pequenas explorações agrícolas e negócios agroalimentares para o conjuto dos quatro aspetos da SAN.

Um esquema conceptual integrado que reúne a literatura académica e a experência prática da SAN em África e na Europa com a abordagem dos sistemas alimentares.

Uma colaboração e intercâmbio efetivos entre parceiros investigadores e práticos da Europa e África que identifique similaridades e diferenças em sistemas alimentares, melhore a compreensão mútua e potencie a implementação de iniciativas futuras UE-África.

Novos métodos de pesquiza incluindo o uso das mais recentes tecnologias de satélite, construção da teoria transdisciplinar, revisão sistemática e análise prospetiva participada.

Uma Comunidade de Práticas (CoP) e um processo de colaboração e intercâmbio multi-stakeholder que se baseia nas comunicações e plataformas de aprendizagem da FAO e faz uso de plataformas europeias tais como ENRD, ELARD e EIP-AGRI de modo a fazer avançar o nosso conhecimento de base sobre questões abordadas no SALSA

Workpackages

WP1 Construção da teoria transdisciplinar e esquema analítico
WP2 Estimativa da distribuição das pequenas explorações agrícolas e da sua capacidade produtiva atual e potencial
WP3 Avaliação aprofundada dos sistemas alimentares em 30 regiões de referência
WP4 Análise prospetiva participada
WP5 Análise da governança na organização dos pequenos agricultores e cadeias alimentares
WP6 Condições favoráveis para as pequenas explorações agrícolas e negócios agroalimentares
WP7 Comunicação e aprendizagem conjunta
WP8 Gestão e coordenação do projeto

Para mais informação sobre as atividades do SALSA favor contacte: UEVORA – Universidade de Évora, Évora, Portugal www.uevora.pt Teresa Pinto Correia mtpc@uevora.pt